Continuar Comprando

Complete sua compra:
Hidratante labial vegano com rosas e esqualano R$89
Faixa de Cabelo Biossance R$15

Acne fúngica: o que é, quais os sintomas e como tratar

22 março, 2021

Seja na adolescência ou na vida adulta, a acne é sempre um incômodo. A gente sabe que essas lesões são comuns em peles mistas e oleosas por causa do excesso de sebo e de fatores hormonais. Mas você sabia que também existe outro motivo que pode causar essa condição? Esse é o caso da acne fúngica.

Apesar de apresentar um comportamento parecido com as espinhas comuns, essa condição precisa de um cuidado especial. Quer saber mais sobre a acne fúngica e seu tratamento? Acompanhe as dicas especiais que nós preparamos em conjunto com a nossa dermatologista, a Dra. Ísis Fiorello Mesquita.

O que é acne fúngica?

O termo “acne fúngica” é utilizado popularmente para nomear a foliculite fúngica, uma erupção cutânea causada pelo fungo do gênero Malassezia. Essa condição ocorre quando os nossos poros são entupidos por células mortas, causando um acúmulo de sebo.

Por conta desse acúmulo de sebo, a pele acaba ficando oleosa, o que contribui para o surgimento dessa acne fúngica na pele. Para que isso não aconteça, é válido utilizar produtos que sejam adequados para esse estado da pele, além de higienizar bem o rosto e não dormir de maquiagem.

Quais são as causas dessa condição?

Segundo a Dra. Ísis, o fungo Malassezia normalmente está na flora cutânea e, dependendo da condição, torna-se patogênico. “Em algumas condições, como após a exposição solar ou tratamentos com antibióticos ou imunossupressores, esse fungo pode se tornar patogênico, gerando esse tipo de lesão”.

O cabelo oleoso também pode causar espinhas quando fica em constante contato com a pele do rosto, dos ombros, do colo e das costas. Uma boa forma de evitar essa situação é apostar em penteados que evitem o contato dos fios com a pele, o que pode incrementar o seu visual, além de mantê-los sempre limpinhos.

Qual é a diferença entre acne fúngica e acne comum?

Em geral, a acne comum pode aparecer com lesões de vários aspectos ao mesmo tempo: comedões ou cravos, pápulas (pequenas lesões avermelhadas, elevadas, sólidas e endurecidas), pústulas ou espinhas (pápulas com pus), nódulos e cistos. Essas duas últimas situações são lesões maiores e mais inflamadas que as espinhas.

malassezia
Já a acne fúngica se apresenta como pápulas ou pústulas e normalmente não apresenta comedões. De acordo com a Dra. Ísis, essa condição comum também é marcada pela presença de prurido (coceira ou comichão) e lesões monomórficas, ou seja, que têm o mesmo padrão.

Como saber se tenho acne fúngica?

Depois de entender o que é Malassezia e as inflamações que esse fungo causa na pele, o próximo passo é se cuidar para evitar essa situação. Para isso, o recomendado é contar com a ajuda de um profissional.

“O dermatologista pode fazer o diagnóstico através do quadro clínico, que difere em alguns aspectos da acne comum, mas eventualmente pode ser necessária uma biópsia da pele”, aconselha Dra. Ísis.

Como se prevenir da acne fúngica? Ela tem tratamento?

“Tenho acne fúngica, como tratar?”. A melhor forma de fazer isso é contando com a ajuda de um dermatologista. Apesar de essa condição não ter cura, há diversas formas de tratamento. E, caso ele não seja feito corretamente, cicatrizes e manchas podem aparecer.

Além disso, a Dra. Ísis recomenda manter a pele sempre limpa, seca e hidratada, evitando o uso de sabonetes antissépticos e roupas muito apertadas e quentes. Para não se esquecer desses passos, vale adicionar uma rotina básica de skincare pela manhã e à noite.

Conte com os produtos Biossance

Como já dissemos anteriormente, é muito comum que essa doença apareça em peles oleosas, com alta produção de sebo. Por essa razão, é muito importante contar com produtos que tenham fórmulas adequadas para esse tipo de pele, como os cosméticos disponíveis na Biossance.

Além do mais, ao adicionar os nossos produtos na sua rotina de cuidados, você consegue cuidar da sua pele de forma limpa e suave. O melhor de tudo é que todas as nossas fórmulas são veganas, cruelty-free e livres de fragrância e de mais de 2 mil ingredientes tóxicos.

Acompanhe nossas novidades!

Gostou do nosso conteúdo sobre acne fúngica e quer continuar se informando sobre outros assuntos? Aqui, no blog da Biossance, há uma variedade incrível de posts sobre os dilemas da pele, autoestima, sustentabilidade e muito mais. Confira!


×