Continuar Comprando

Complete sua compra:
Hidratante labial vegano com rosas e esqualano R$89
ESPÁTULA DE BAMBU BIOSSANCE R$25

Confira dicas sobre como virar vegano

21 abril, 2022

Confira dicas sobre como virar vegano

Embora o veganismo esteja ganhando muitos adeptos nos últimos tempos, grande parte das pessoas ainda tem dúvidas sobre como virar vegano. Diversos fatores contribuem para a desinformação, um deles é o surgimento de alguns mitos que precisam ser desconstruídos.

Se você tem considerado a alimentação vegana como um caminho interessante, este texto vai ajudar você a dar os primeiros passos com mais segurança. Questões como se os alimentos veganos são verdadeiramente nutritivos ou se custa muito caro ser vegano serão superadas ao fim desta leitura.

O que é veganismo?

O que é ser vegano? Será que se resume apenas a optar por uma dieta que não inclui alimentos de origem animal? É importante saber que, ao escolher o veganismo, você deve assumir posicionamentos que vão além da alimentação. 

De acordo com o grupo The Vegan Society, que criou o termo veganismo em 1944, no Reino Unido, esta é uma filosofia de vida que busca excluir todo tipo de crueldade e exploração contra os animais. 

Esse combate ocorre individualmente, ao dispensar o uso de todos os produtos derivados de animais no dia a dia, como alimentos, roupas, cosméticos, medicamentos e profissões que explorem animais vivos e mortos. Isso difere do vegetarianismo, que tem maior foco no fato de não comer carne.

Por outro lado, ele também é uma ação coletiva, na medida em que busca promover alternativas que beneficiem não só os homens, mas também os animais e o meio ambiente. Portanto, os motivos para virar vegano vão muito além da saúde.

Qual é o primeiro passo para se tornar vegano?

Agora que você já sabe o propósito desta escolha, vamos às informações práticas sobre como virar vegano. O mais importante é que a transição deve ser responsável, principalmente em relação ao aspecto nutricional.

Dessa forma, a primeira atitude a tomar para se tornar vegano é buscar orientação de um médico ou nutricionista. Assim, você pode construir um cardápio equilibrado, que atenda todas as necessidades para o bom funcionamento do seu organismo.

Ao longo do processo de como virar vegano, é recomendado fazer exames de rotina para assegurar que as dosagens estejam normais. Isso vale também para todas as pessoas, inclusive aquelas que não praticam o veganismo.

Outro passo é começar a pesquisar a origem dos produtos (não só os alimentos) consumidos daqui por diante, além de opções de restaurantes na sua cidade que prestigiam as comidas veganas. Aliás, por que não buscar receitas veganas para fazer em casa?

Ao aprender como virar vegano aos poucos, uma dica interessante é passar a fazer parte de grupos de pessoas veganas para trocar ideias. Afinal, nada é melhor que esclarecer dúvidas e aprender sobre o tema, com pessoas experientes que conhecem sobre o assunto.

É possível ter uma alimentação rica e vegana?

Vamos voltar à questão alimentar, já que a mudança é considerada a mais impactante por quem opta por ser vegano. Até porque sabemos que, na nossa sociedade, o apelo pelo alimento derivado de animais é muito forte, e não se render a ele é uma luta diária.

Para isso, comece a inserir frutas, grãos, verduras e legumes aos poucos na sua alimentação, para que o paladar vá reconhecendo e acolhendo esses novos sabores. Ao mesmo tempo, vá retirando aos poucos alimentos como ovos, mel e leite. 

um prato cheio de opções de alimentação vegana.

É natural que você comece a ouvir de pessoas mais próximas que você pode “ficar fraco”, sem o consumo de carne ou leite, por exemplo. Isso é um mito, que pode ser facilmente rebatido por quem deve ser a sua fonte principal de informação: o profissional de saúde. 

Segundo a Associação Brasileira de Veganismo, não consumir produtos de origem animal não garante uma boa saúde. O mais importante é ter uma dieta balanceada com proteínas, cálcio e vitaminas, o que pode ser 100% encontrado em grãos e outros alimentos de origem vegetal.

Hoje em dia, é muito fácil encontrar receitas veganas muito saborosas, mantendo o nível nutricional alto. Por isso, é perfeitamente possível ter uma alimentação vegana e, ao mesmo tempo, nutritiva.

Custa caro ser vegano?

Essa pergunta não tem uma resposta simples. Diversos fatores vão influenciar o custo de vida de uma pessoa vegana, e isso está diretamente ligado às escolhas dos produtos veganos na hora de comprá-los.

Não adianta querer gastar pouco e optar por comidinhas veganas que, ao mesmo tempo, sejam fitness e importadas, levem ingredientes não acessíveis e pertençam a marcas famosas. 

Já os cosméticos podem ser caros não por serem veganos, mas por terem boa qualidade. O que faz um hidratante ser mais caro que outro são os componentes diferenciados. Então, os cosméticos de qualidade superior, veganos ou não, terão o mesmo preço.

Confira os produtos veganos da Biossance!

Esperamos que suas dúvidas sobre como se inserir no mundo vegano tenham sido esclarecidas. Afinal, ser vegano é uma decisão que determina a sua atuação no mundo, por isso precisa ser muito bem fundamentada.

A Biossance possui linhas de cosméticos veganos de ótima qualidade e por preços justos. Você conhece o Creme Corporal Firmador com Cafeína e Esqualano? Acesse nosso site e conheça os detalhes.

×