Continuar Comprando

Complete sua compra:
Espátula Rosé Gold R$49
Saquinho de Linho Tamanho G R$29

Entenda o que é body checking e como evitá-lo

30 junho, 2021

Entenda o que é body checking e como evitá-lo

Você tem o costume de se olhar constantemente no espelho para analisar o seu corpo? Ou então, se pesar frequentemente e ser extremamente exigente com a beleza do seu corpo? Se você tem essas ações, atenção, pois você pode estar tendo ações de body checking!

Mas o que é body checking e o que ele tem a ver com “cuidar do corpo”? Para entender melhor esse assunto, nós, da Biossance, preparamos um conteúdo exclusivo sobre o tema. Então, continue a leitura e saiba mais sobre esse comportamento — que pode ser prejudicial para sua saúde!

Entendendo o body checking

Quem não tem o costume de dar uma conferida no shape no espelho antes do banho? Ou então, se perdeu ou ganhou alguns quilinhos no último final de semana? Essa auto análise é uma atitude que muitas pessoas costumam ter no dia a dia, e que é super normal quando não se torna uma ação compulsiva.

O body checking (ou “verificação do corpo”, em tradução livre) é justamente o excesso disso: um comportamento compulsivo onde a pessoa verifica, a todo momento, o seu corpo: se olhar no espelho a fim de encontrar características que ela possa encarar como imperfeição, como uma cicatriz ou celulite, uma gordurinha localizada e tudo aquilo que foge de um padrão de beleza.

O principal problema dessas ações repetitivas é que elas podem causar uma distorção da imagem corporal, fazendo com que inseguranças surjam, abalando a autoestima e podendo, inclusive, servir de gatilho para o desenvolvimento de alguns distúrbios de imagem e alimentares.

Autocrítica que pode fazer mal

De acordo com um estudo de 2018, intitulado “Uma meta-análise das relações entre verificação corporal, evitação da imagem corporal, insatisfação com a imagem corporal, humor e alimentação desordenada”, fazer uma auto comparação frequente de seu corpo frente ao espelho pode causar ansiedade, depressão e alteração de humor.

Outras formas de fazer body checking

Apertar aquela gordurinha da barriga em frente ao espelho, se pesar, medir sua cintura e outras atitudes de “análise” são alguns dos principais pontos para identificar o body checking.

boa autoestima


Mas outras atitudes, como comparar o seu corpo com o das influenciadoras digitais e demais personalidades na internet, também é uma forma de alimentar esse comportamento compulsivo. Isso abala a sua boa autoestima e humor, assim como apontado no estudo mencionado anteriormente.

Há profissionais da saúde que apontam esse comportamento comparativo mais comum entre aqueles que têm transtornos alimentares ou de imagem. Isso porque essas pessoas costumam fazer análise mais crítica do seu corpo para diminuir uma ansiedade causada por uma mudança, como ganho ou perda de peso, por exemplo.

Mas, então, o que pode ser feito para evitar o body checking?

Mantendo-se distante do body checking

Olhar-se no espelho e notar a necessidade de melhorar algo no seu corpo é normal, mas quando essa atitude se torna frequente, atenção! Cuidado para que não se torne body checking.

Para que você se mantenha longe desse comportamento compulsivo, separamos algumas dicas:

Afaste-se das redes sociais

Como sabemos, as redes sociais podem tanto nos distrair e divertir como servir de gatilhos para algumas inseguranças e, até mesmo, distúrbios. Fotos de modelos na praia, por exemplo, podem fazer com que as pessoas passem a fazer comparações e, com isso, acabam ficando com baixa autoestima.

Além disso, a comparação com as fotos — geralmente com edições que modificam o corpo, rosto e afins — também podem causar ansiedade, depressão e demais sentimentos negativos, como o FOMO. Então, se você sente que está com sinais de body checking, dê um tempo das redes sociais.

Guarde balanças e fitas métricas

Dê um tempo também das balanças e fitas métricas. Medir-se a todo momento também não é uma prática favorável para a sua saúde. Com ela, é possível, também, desenvolver ansiedade e depressão, caso os resultados não sejam os esperados.

Com essas medições contínuas, também torna-se mais propenso a desenvolver distúrbios alimentares e de imagem. Então, se você sente que está se medindo muitas vezes ao dia, é hora de guardar a balança e a fita métrica por um tempinho.

Não compare seu corpo com o de outras pessoas

Ações como aceitar o próprio corpo não são simples, mas é o primeiro grande passo para fugir do body checking. Para isso, é importante que você não compare o seu corpo com o das celebridades ou amigas.

Entenda que cada pessoa tem um biotipo e, não é possível ter o corpo igual ao de outra pessoa. Sendo assim, comece a ver o que o seu tem de mais bonito e valorize. Assim, você vai aprender a vê-lo com mais carinho e, consequentemente, aceitá-lo!

Busque ajuda profissional

Se todas as dicas anteriores não surtirem efeito, é válido buscar ajuda de um médico ou terapeuta. Com a terapia, você conseguirá trabalhar as principais questões que te fazem agir de forma compulsiva com o seu corpo e, também, a passar a aceitá-lo.

Gostou desse conteúdo? Confira outros!

Gostou de saber mais sobre o body checking? Então, para mais conteúdos como este, acompanhe nossas publicações! Além dos produtos para a saúde da pele, você fica por dentro de dicas que vão te manter saudável por dentro e por fora. Confira!




×