Continuar Comprando

Complete sua compra:
Hidratante labial vegano com rosas e esqualano R$89
ESPÁTULA DE BAMBU BIOSSANCE R$25

Fotossensibilidade: o que é, quais os sintomas e como cuidar?

20 janeiro, 2022

Fotossensibilidade: o que é, quais os sintomas e como cuidar?

Se expor ao sol traz diversos benefícios à nossa saúde, já que ele estimula a vitamina D do nosso corpo e afasta a possibilidade de termos algumas doenças, como a osteoporose. Apesar dessas vantagens, a exposição pode gerar uma doença chamada fotossensibilidade, que surge na forma de alergia em nossa pele. 

A seguir, vamos explicar o que é essa doença, quais são as suas causas, sintomas, cuidados e tratamentos. Para conferir o que é fotossensibilidade, continue a leitura. 

O que é fotossensibilidade?

A fotossensibilidade ou alergia ao sol, como também é conhecida, é uma reação alérgica da pele quando exposta à luz, podendo esta ser solar ou de fontes artificiais. Em outras palavras, é quando a pele fica tão sensível que apresenta sintomas como lesões ou vermelhidão. 

Esses sintomas podem surgir em pessoas que já possuem predisposição genética, por uso de medicamentos, ou quando temos contato direto com conservantes de produtos cosméticos. Nos casos de produtos e medicamentos, quando a luz entra em contato com as substâncias químicas no nosso organismo, surge a alergia. 

As reações alérgicas da fotossensibilidade podem ser classificadas de duas formas:

Reação fototóxica

Nesse tipo de reação, os sintomas da alergia ao sol aparecem apenas no local em que alguma substância foi aplicada, como, por exemplo, quando derramamos suco de limão. Geralmente, a reação alérgica ocorre minutos após a exposição.  

Reação fotoalérgica 

Esse tipo de reação é mais raro e ocorre de forma mais generalizada. Os raios UV, ao entrarem em contato com a pele, geram novas substâncias. Assim, mesmo as partes que não foram expostas ao sol podem ser afetadas. Normalmente, os sintomas demoram mais a aparecer. 

Vale ressaltar que existem diferenças entre os dois tipos de reações. A reação fotoalérgica ocorre quando se tem pequenas quantidades das substâncias fotossensíveis em nosso corpo. Ou seja, para o nosso sistema de defesa aparecer e nos ajudar a eliminar tais substâncias, não é preciso ter usado produtos com grande quantidade de substâncias.

Já a reação fototóxica só ocorre quando há maior quantidade de tais elementos em nosso organismo. Tal diferença se dá pelo fato de que a primeira reação envolve o sistema imune. A segunda, por sua vez, não o envolve, mas reage diretamente com o DNA e com as membranas celulares. 

Assim, é preciso ficarmos atentos aos produtos que passamos no nosso corpo e rosto. Além disso, como os sintomas da alergia ao sol podem aparecer em tempos diferentes — em dias, semanas ou até meses —, quanto mais cuidado, melhor. 

Quais são as causas? 

Podem ser diversas as causas que geram fotossensibilidade. Geralmente, ela se dá como efeito colateral de alguns medicamentos. Os principais são os antibióticos, diuréticos, antifúngicos e até anti-inflamatórios mais comuns.

pessoa com coceira por conta da fotossensibilidade.

Além disso, outro fator que causa reações alérgicas é a pele ter entrado em contato com substâncias químicas. Algumas dessas substâncias são, por exemplo, bergasol, ácido para-aminobenzóico e corantes, como eosina, azul de metileno e fluoresceína. 

Quais são os sintomas da fotossensibilidade? 

Após a luz entrar em contato com a pele e com a substância fotossensível, é comum observar os seguintes sintomas:

  • coceira;
  • aspecto avermelhado (podendo ser no corpo todo ou somente em uma parte);
  • pequenas bolhas;
  • dermatites (erupções cutâneas) ou machucados.

Com isso, é de extrema importância saber quais são os sintomas de alergia ao sol para que se possa tomar as devidas providências para tratá-la. Confira as melhores opções de tratamento a seguir.

Como tratar a fotossensibilidade?

Após ser diagnosticado, é necessário entender como tratar a alergia ao sol. Normalmente, o tratamento se dá por medicamentos orais ou aplicados na pele. Para isso, é recomendado procurar um médico dermatologista para que ele faça a orientação de forma correta.

Além disso, é necessário entender se os sintomas são de uma reação fotoalérgica ou fototóxica. Na primeira, as principais características são semelhantes a uma dermatite atópica. Já na segunda, os sintomas se parecem com manchas vermelhas, porém só no local exposto.

Existem formas de se prevenir?

Sim! A prevenção da fotossensibilidade é muito simples: basta você aplicar protetor todos os dias — ensolarados ou não — e utilizar roupas que protejam dos raios UV. Portanto, é importante encontrar o melhor protetor solar para quem tem alergia ao sol, de preferência com um FPS alto.

Outras formas de se prevenir contra a fotossensibilidade é evitar o contato com plantas, perfumes, medicamentos e outros cosméticos que possuem substâncias químicas fotossensibilizantes, como cremes para acne com vitamina A ácida. Sendo assim, procure saber quais são os ingredientes dos medicamentos e cosméticos utilizados. 

Cuide bem da sua pele com a Biossance!

Ter itens de qualidade na sua rotina de skincare é ideal para evitar problemas futuros. Os produtos da Biossance são veganos, cruelty-free, sem fragrância e livres de mais de dois mil ingredientes tóxicos. Tudo isso para garantir o melhor para você e para o planeta!

Buscamos não só cuidar de você e da sua pele, mas também do meio ambiente. Portanto, não deixe de visitar nosso site para conhecer mais sobre nós e nossas fórmulas!

×