Continuar Comprando

Complete sua compra:
Hidratante labial vegano com rosas e esqualano R$89
ESPÁTULA DE BAMBU BIOSSANCE R$25

Os animais marinhos em extinção e a indústria de beleza

10 março, 2022

Os animais marinhos em extinção e a indústria de beleza

Provavelmente, você já ouviu sobre espécies prestes a serem extintas ou florestas e áreas verdes do mundo cada vez mais destruídas. Isso é um assunto recorrente e relevante nos últimos anos, mas você sabe qual é a relação entre os animais marinhos em extinção e a indústria da beleza? 

Quando falamos em espécies em extinção e os efeitos da indústria de beleza no meio ambiente, um dos principais pontos é o cruelty free. Esse termo, que ganhou força nos últimos anos, representa um novo jeito de pensar e pode ser um ponto de esperança no futuro em relação a diversas espécies de animais. 

Animais marinhos em extinção 

Quando pensamos em fauna marinha, diversos animais vêm a nossa mente, não é mesmo? Tartarugas, baleia-azul, tubarão e diversas outras espécies. Porém, caso o cenário atual não sofra mudanças, diversas dessas espécies podem deixar de existir. 

Vaquita 

Considerada o menor boto do mundo, a vaquita está ameaçada de extinção: é o cetáceo em maior risco. O número estimado de animais existentes dessa espécie é de dez no mundo inteiro, e uma das principais causas disso é a caça ilegal. 

Tartarugas

Existem algumas espécies, como a tartaruga-de-couro e a tartaruga-de-pente, que estão ameaçadas de extinção e são protegidas por diversas organizações ambientalistas. 

Tubarões

Outro animal ameaçado é o tubarão. Dentre as espécies em estado de alarme, estão o tubarão-frade, o tubarão-baleia e o tubarão-branco. A pesca esportiva e a predatória estão entre os principais motivos que colocam essas espécies em perigo.


O impacto da indústria de beleza no meio ambiente 

A indústria da beleza tem uma forte ligação com os animais marinhos em extinção. A maneira como os cosméticos são produzidos e testados é um grande perigo à natureza, assim como o descarte de ingredientes, embalagens e sobras desses produtos.

O descarte de embalagens 

O acúmulo de plástico no ambiente de animais marinhos é uma preocupação que só aumenta. Isso porque o descarte indevido de embalagens de cosméticos, canudos, hastes de plásticos, redes de pesca e diversos outros objetos ameaça a vida de diversas espécies. 

A indústria da beleza também precisa se atentar a isso, já que os produtos são geralmente produzidos com embalagens e peças feitas de plásticos não biodegradáveis. Eles não se decompõem facilmente e costumam ficar acumulados nos locais de descartes, que são os oceanos, muitas vezes. 

A fórmula dos cosméticos 

Outro ponto muito alertado pelas empresas sustentáveis é a fórmula dos cosméticos. Isso porque alguns ingredientes podem causar um aumento no número de animais marinhos em extinção ou prejudicar a fauna. 

Geralmente, o selo de cruelty-free, responsável por garantir que o produto não foi testado em animais, é acompanhado de um selo vegano, que indica a ausência de matéria-prima de origem animal. Isso protege diferentes espécies, tanto na hora da produção do cosmético quanto em outras etapas. 

símbolo da reciclagem sobre grama verde.

Outro ponto que pode contribuir para a extinção desses animais são os ingredientes presentes nos cosméticos que são enxaguados. É o caso de esfoliantes com partículas de plástico, que são descartadas no oceano após o uso e podem ser confundidas por comida pelos peixes, o que pode levar à morte deles. 

Cruelty-free 

Em tradução literal, “livre de crueldade” é um termo relacionado com produtos, especialmente cosméticos, que não são produzidos ou testados com animais. Assim, eles garantem maior proteção aos humanos, ao meio ambiente e, especialmente, a diversos seres vivos da natureza. 

Os produtos cruelty-free não compactuam com a ideia de testar a fórmula em animais, o que impede que eles sofram maus tratos e sejam sacrificados. A partir daí, a indústria da beleza desenvolveu outras maneiras de testar os cosméticos, que não envolvessem bichos. 

A escolha do consumidor 

Para garantir a preservação do meio ambiente e também evitar o aumento de animais marinhos em extinção, um ponto importante é a escolha do consumidor. É necessário se atentar ao comprar certos cosméticos para não apoiar as atitudes de empresas que não seguem linhas sustentáveis. 

Isso porque, quanto mais dinheiro gira em torno de produtos que não são cruelty free, veganos e sustentáveis, mais eles continuam existindo e sendo produzidos. Por isso, a preferência dos consumidores por produtos que sigam linhas éticas ambientalistas é uma aliada da preservação do meio ambiente e da fauna mundial. 

Tanto na formulação e nos ingredientes quanto nas embalagens, cada vez mais o consumidor pensa sobre como será a vida útil do produto e os impactos gerados por ele. Assim, as opções sustentáveis estão sendo cada vez mais requisitadas no mercado e são necessárias para um ecossistema completo e não ameaçado. 

Por fim, a transparência da marca também é fundamental para o consumidor tomar uma decisão consciente e intencional, sabendo o que está adquirindo e apoiando-a por meio de atos. 

Faça escolhas conscientes com a Biossance! 

Uma maneira de criar toda a sua rotina de skincare sustentável, vegana e cruelty free é apostar em kits de marcas em que você confia. Venha conhecer mais sobre a produção da Biossance, garanta ingredientes que a sua pele precisa e que não prejudicam o meio ambiente.

×