Continuar Comprando

Complete sua compra:
Faixa de Cabelo Biossance R$15
Saquinho de Linho Tamanho G R$26
Espátula Rosé Gold R$49

Tudo o que você precisa saber sobre meditação

07 dezembro, 2020

O cansaço do dia a dia faz com que a nossa única vontade seja “desligar” a mente e relaxar um pouco, esquecendo por alguns minutos todas as nossas obrigações. E conseguimos fazer isso mais facilmente com a ajuda da meditação.

Se você não sabe como meditar ou quer entender melhor o que é a meditação, então está no lugar certo! Neste conteúdo, separamos tudo o que precisa saber sobre a prática: benefícios, tipos, dicas para iniciantes e muito mais! Confira.

Entendendo melhor a prática

Quando falamos em meditação, é muito comum associá-la a pessoas em silêncio, de pernas cruzadas e com a palma das mãos para cima, não é? Mas a prática vai muito além disso! Na verdade, ela é um conjunto de técnicas que faz com que a gente consiga alcançar a plenitude emocional e mental.

De acordo com a instrutora de yoga Lyka Ribeiro, “a palavra meditação vem do latim meditare e significa ‘voltar-se para o centro’”. Há uma grande variação nos tipos de práticas meditativas, mas todas elas visam, através de uma mente mais calma, o relaxamento, a reflexão e a contemplação”.

Ninguém sabe ao certo a sua origem, mas sabe-se que ela é milenar. Atualmente, faz parte de diversas culturas, como a japonesa e a indiana, e está sendo cada vez mais praticada por pessoas ao redor do mundo.

Benefícios da meditação

Os benefícios da meditação contribuem para uma melhor vida pessoal e social. Com ela, é possível desenvolver maior relaxamento e concentração, por exemplo, que são ideais para fazer com que a rotina fique mais leve ou que você não tenha aquela sensação desagradável de estafa no final do dia.

Há várias outras vantagens de fazer meditação, como diminuir a ansiedade, melhorar quadros depressivos, regular a respiração, ajudar a dormir melhor e muito mais. Por isso, existem vários tipos de meditação, e você pode focar no que realmente deseja melhorar. Alguns deles são:

Mindfulness

Esse é um dos tipos de meditação mais famosos. Ele é ideal para desenvolver a concentração, fazer com que as sensações físicas fiquem mais afloradas e que você respire melhor. No mindfulness, não tem necessidade de entoar mantras, basta realizar os exercícios por pelo menos cinco minutos diários, em um lugar tranquilo.

Transcendental

Além de contribuir para o foco e o relaxamento, a meditação transcendental é ideal para ajudar pessoas que sofrem com síndrome do pânico, hipertensão ou demais doenças que têm relação com o sistema nervoso — que é, justamente, onde esse tipo de meditação age.

Zazen

Essa é uma espécie de meditação guiada, onde um instrutor faz uma narrativa em que o praticante é conduzido a um estado de consciência e introspecção. Esse tipo de meditação faz com que você tenha uma consciência maior de seus sentimentos, uma vez que o exercício consiste em observar seu estado mental, físico, e seus pensamentos.

Como praticar a meditação

Agora que você sabe o que é e conhece alguns tipos, é chegada a hora de aprender como meditar. Lyka Ribeiro ensina que é necessário buscar um ambiente tranquilo, em que você possa ficar em silêncio e de maneira confortável.

“Encontre um local calmo em sua casa que você possa estar diariamente. Tenha uma cadeira ou uma almofada zafu para poder se sentar de forma relaxada e ereta. Silencie aparelhos que possam te distrair”, explica.

A instrutora de yoga diz, ainda, que é possível compor um ambiente em que você se sinta mais próximo do que te traz sensações boas. “Caso deseje, você pode criar um pequeno altar com imagem de sua deidade favorita ou qualquer outro item que traga a sensação de amor e devoção. Isso te ajuda a se sentir conectado em seu espaço sagrado”, afirma.

Quanto ao tempo recomendado para a prática, a profissional explica que é recomendável começar com cinco ou dez minutos, e que, ao longo dos dias, é comum que esse período aumente naturalmente.

“A meditação é um hábito diário. Com o tempo, a prática começa a fluir de forma natural em sua rotina. Experimente meditar sempre no mesmo horário, isso irá te ajudar a acostumar com a prática. Assim, gradualmente, você se tornará confortável e poderá aumentar o tempo de sua meditação”, afirma Lyka.

Meditação para quem está começando

Para quem deseja iniciar na prática, mas não sabe como, Lyka deu algumas dicas de meditação para iniciantes. São elas:

  • Pense nos benefícios da meditação e nos motivos de você querer praticar;
  • Encontre uma postura sentada e confortável. Pode ser sentado em uma cadeira ou no chão, com as pernas cruzadas. Descanse suas mãos sobre seus joelhos;
  • Mantenha sua coluna ereta e inale, trazendo seus ombros em direção às orelhas. Exale encaixando seus ombros em suas costas. Mantenha sua cabeça no prolongamento da coluna;
  • Feche os olhos. Isso ajuda você a se desconectar do mundo exterior;
  • Caso esteja sonolento, experimente manter seus olhos semi-abertos ou seu olhar fixo em um ponto;
  • Mantenha a respiração somente pelas narinas. Acompanhe sua inspiração e sua expiração, focando no espaço entre as narinas e o lábio superior. Observe a sensação do ar entrando e saindo do seu corpo;
  • Não siga os seus pensamentos. Toda vez que eles surgirem, tente identificá-los e deixá-los ir. Quando você se distrair, traga a atenção de volta para a respiração,
  • Termine sua meditação sempre com uma atitude de gratidão.

 

Onde encontrar meditação guiada

Atualmente, você encontra vários apps de meditação guiada, com práticas voltadas para diversos objetivos, como a meditação para dormir melhor, meditação para ansiedade e muito mais! Sabe onde mais você encontra? No nosso IGTV, no Instagram. Então corre lá conferir!

Saiba mais sobre esses e outros temas!

Gostou de saber mais sobre meditação? Então, não deixe de conferir as outras publicações do blog da Biossance! Nele, você aprende mais sobre autocuidado, saúde e muito mais. Confira agora mesmo nossas publicações e mantenha-se informado.


×